Melhorando empresas e profissionais pelo uso criativo da cultura digital

Veja como eu posso ajudar você
a atingir um novo patamar de
produtividade com os recursos online
que já fazem parte do seu cotidiano

1
1

QUEM SOU EU

Olá! Meu nome é Paulo Silvestre, e sou um jornalista apaixonado por tecnologia que está online desde 1987.

Executivo de produtos digitais, mídia e e-commerce com 25 anos de carreira, sou palestrante e professor. Ajudo empresas a tirar o máximo de suas operações e formo profissionais mais críticos.

Adoro compartilhar conhecimento. Em 2016, fui eleito um dos brasileiros mais influentes no LinkedIn, pelo prêmio LinkedIn Top Voices.

Mas tenho muito mais a contar! Venha me conhecer.

MEUS EVENTOS

Palestrante há uma década, sou especialista em despertar uma visão crítica e fora do convencional nas pessoas. Demonstro como o mundo digital pode destravar suas potencialidades. Resultado: pessoas saudavelmente inquietas e prontas para transformar suas empresas e seu dia a dia em algo mais produtivo. Saiba mais!

MINHAS CONSULTORIAS

Ofereço ao seu negócio a experiência de quem desenvolve produtos digitais há 25 anos para algumas das maiores empresas do Brasil e do mundo.  Analiso suas necessidades e ofereço o melhor caminho a ser tomado, inclusive, se necessário, que soluções devem ser adotadas. Conheça os detalhes!

O MACACO ELÉTRICO

Desde 2009, meu blog traz análises sobre tendências e os acontecimentos mais quentes da cultura digital
e os mercados de comunicação, tecnologia e educação. São centenas de artigos: conheçam o blog!

Artigos mais recentes / Veja todos os artigos

O Decentraland, metaverso em que um “terreno virtual” foi vendido no dia 23 por R$ 13,4 milhões

Por que alguém pagaria R$ 13,4 milhões por um “terreno” que só existe na Internet

| Tecnologia | No Comments

Depois da pandemia, algumas das principais cidades do mundo vivem um “boom imobiliário”. Mas a transação no setor que mais chamou atenção recentemente aconteceu no dia 23, quando um “terreno virtual” foi vendido pelo equivalente a US$ 2,4 milhões (cerca de R$ 13,4 milhões na cotação do dia). Apesar de ser apenas digital, ele mede 566 m2, o que dá cerca de R$ 24 mil por metro quadrado. Para comparação, esse valor médio de um terreno real em São Paulo gira em torno de R$ 10 mil, custando R$ 16 mil em Buenos Aires, R$ 83 mil em Paris, R$…

Inteligência artificial aparece até nos detalhes do cotidiano e no relacionamento com empresas

| Tecnologia | No Comments

A IA (inteligência artificial) está longe de ser uma novidade, mas ainda existe muita informação incompleta e conceitos distorcidos sobre ela. O maior de todos é o de que essa tecnologia ainda seja algo distante, no campo da ficção, quando na realidade, usamos produtos impulsionados por ela o tempo todo. Ela também invade o mundo corporativo, melhorando processos e o relacionamento com os clientes. “Todos os minutos que as pessoas pegam o telefone, o que é entregue a elas é parte de um algoritmo de inteligência artificial”, afirma Paulo Manzato, vice-presidente de Vendas para a América Latina da empresa portuguesa…

Para falar, basta ter boca, mas falar algo que preste é outra história

| Tecnologia | No Comments

O vídeo abaixo é a minha “Pílula de Cultura Digital” de número 300 e esse artigo é o de número 416 no “Macaco Elétrico”, meu espaço no Portal Estadão há mais de uma década. No caso do vídeo, que publico semanalmente, ele resulta de um enorme poder de comunicar ideias que as redes sociais concederam a qualquer pessoa. E isso é incrível, mas também pode ser uma maldição! Depois que palavras são proferidas, não podem ser “desditas”, ainda mais em uma sociedade altamente digitalizada como a nossa. Aproveitamos alegremente esse “paraíso de liberdade de expressão”, sem perceber que falar é…

As redes metem o dedo em nossas “feridas morais”

| Tecnologia | No Comments

Com os números da vacinação crescendo e os de casos e mortes por Covid-19 diminuindo, a sociedade tenta reencontrar seu caminho para uma vida que se poderia chamar de “normal”. Mas, para algumas pessoas, isso pode ser bem difícil, pois foram “feridas em sua alma”, uma ferida moral, por motivos que vão muito além da pandemia. E o meio digital agrava esse quadro. Não se trata de depressão (apesar de poderem estar associadas), nem de burnout, um esgotamento causado por trabalhar sem limites. Esses dois problemas de saúde mental explodiram durante os últimos anos, e muito se fala deles. Já…

ONDE JÁ ESTIVE

Esses são alguns dos parceiros que já me chamaram para debater sobre diferentes aspectos da cultura digital em palestras, workshops e cursos: